Ação da Qualicorp cai quase 20% com notícia sobre operação da PF

sexta-feira, 29 de maio de 2015 19:46 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A ação Qualicorp despencou quase 20 por cento nesta sexta-feira, após o jornal O Globo publicar que o presidente do Conselho de Administração da empresa, José Seripieri Filho, estaria na lista de operação da Polícia Federal de combate à lavagem de dinheiro.

A PF deflagrou a Operação Acrônimo, com cerca de 400 policiais cumprindo 90 mandados de busca e apreensão em Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Goiás e Distrito Federal.

O jornal publicou inicialmente, sem revelar fontes, que o executivo foi alvo da investigação, mas depois revisou a informação afirmando que ele não foi alvo e que Seripieri Filho aparece numa lista de pessoas da operação, mas que ainda não havia informação sobre a ligação dele com o caso investigado.

A Qualicorp, administradora de benefícios de saúde, rejeitou a informação publicada pelo jornal, afirmando que não foi notificada sobre a citação de Seripieri em lista alvos da operação e que "não há nada que o relacione com o fato".

Posteriormente, a companhia informou em nota que "tomará todas as medidas judiciais cabíveis para preservar os seus interesses, de seus clientes e acionistas".

Procurada, a PF afirmou apenas que não pode se manifestar a respeito dos nomes das pessoas incluídas na operação.

Operadores comentaram que o papel também teve fluxo por conta de mudança de peso da ação no índice MSCI Brazil, que passou a vigorar no fechamento desta sexta-feira, mas que a notícia do jornal se sobrepôs a esse fato.

A ação da Qualicorp teve queda de 19,66 por cento, a 19 reais, enquanto o Ibovespa caiu 2,25 por cento.

(Por Priscila Jordão)