Grécia mantém negociações com credores sobre desbloqueio de ajuda

domingo, 31 de maio de 2015 11:30 BRT
 

Por Renee Maltezou e Angeliki Koutantou

ATENAS (Reuters) - A Grécia e seus credores continuam conversações para chegar a um acordo sobre recursos para as reformas, mas não deve cumprir o prazo, imposto por eles mesmos, de chegar a um acerto para desbloquear a ajuda, disseram neste domingo fontes próximas às negociações.

Atenas e seus credores da Zona do Euro e do Fundo Monetário Internacional (FMI) estão conversando há meses, sem a menor chance de acordo. A pressão para chegar a um acerto se intensificou, na medida em que Atenas enfrenta o vencimento de uma parcela da dívida em 5 de junho, assim como o fim do seu programa de resgate, em 30 de junho.

O governo disse essa semana que estava procurando fechar um acordo até domingo, mas fontes próximas às negociações com o chamado grupo de credores da UE/FMI disseram, de Bruxelas, que isso seria pouco provável.

As conversações com o Grupo de Bruxelas vão continuar na noite deste domingo. "Embora não estejamos esperando chegar a um acordo hoje, estamos muito perto disso", disse uma autoridade do governo grego, sob a condição de anonimato.

Outra fonte próxima às negociações, disse que as principais questões que impedem o fechamento do acordo continuam presentes. Não ficou imediatamente claro se as negociações continuarão em Bruxelas, na segunda-feira.

Em uma entrevista publicada no jornal Corrierre della Sera, neste domingo, o ministro da economia grego, George Stathakis, afirmou que espera chegar a um acordo daqui a "alguns dias", seguido por uma reunião de ministros das finanças da Zona do Euro para aprovar a liberação do auxílio.