Ações de energia compensam força no setor imobiliário e índice acionário europeu fecha estável

segunda-feira, 1 de junho de 2015 14:10 BRT
 

Por Atul Prakash

LONDRES (Reuters) - O principal índice europeu de ações fechou praticamente estável nesta segunda-feira, com o avanço dos setores imobiliário e de saúde compensando a fraqueza do setor de energia energia, que reagiu à forte queda dos preços do petróleo.

O índice FTSEurofirst 300 fechou com variação positiva de 0,06 por cento, a 1.587 pontos, depois de oscilar entre territórios positivo e negativo durante o dia. O índice perdeu 2 por cento na semana passada, mas ainda acumula ganhos de cerca de 16 por cento este ano.

A ação da Roche avançou 1,3 por cento, ajudando o índice de saúde europeu a subir 1 por cento, depois de ter sido descoberto que o remédio da empresa para imunoterapia de câncer Atezolizumab reduz tumores em dois terços de pacientes com câncer de pulmão quando combinado com quimioterapia.

O índice imobiliário do STOXX Europe 600 avançou 1,3 por cento, com os operadores atribuindo a alta a uma nota positiva do JP Morgan elevando seu preço-alvo para as ações de empresas como British Land, Great Portland e Land Securities. As ações dessas companhias subiram entre 0,8 e 1,6 por cento.

Entretanto, os ganhos foram ofuscados por perdas em papéis de energia depois que os preços do petróleo caíram mais de 1 por cento devido ao dólar forte e preocupações com oferta alta. A Opep vem se preparando para manter as metas de produção quando se reunir esta semana.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,44 por cento, a 6.953 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,19 por cento, a 11.436 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,35 por cento, a 5.025 pontos.   Continuação...