Azul desiste de IPO pela terceira vez

segunda-feira, 1 de junho de 2015 16:27 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Azul, terceira maior empresa do setor aéreo no Brasil, desistiu mais uma vez de sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), segundo informações publicadas no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta segunda-feira.

Em agosto de 2013, a companhia havia cancelado pela primeira vez o objetivo de listar-se na bolsa de valores, dois meses após ter submetido a operação à análise da CVM, citado condições macroeconômicas desfavoráveis.

No começo do ano passado, retomou o projeto de tornar-se uma empresa aberta, mas logo o cancelou. Em dezembro, a Azul tentou de novo o IPO, que consistia de oferta primária (ações novas) e secundária de papéis preferenciais (detidos por sócios). Mas o plano foi suspenso logo no mês seguinte, diante do cenário adverso do mercado de capitais.

A desistência acontece no momento em que o dono da Azul, o empresário David Neeleman, disputa a compra da estatal aérea portuguesa TAP.

(Por Aluísio Alves)