Vendas de veículos novos no Brasil caem 3,04% em maio ante abril

segunda-feira, 1 de junho de 2015 20:32 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As vendas de veículos novos no Brasil tiveram em maio a quinta queda mensal seguida, refletindo a fraqueza da economia e a baixa disposição para compras de bens duráveis, informou nesta segunda-feira a Fenabrave, associação que representa os concessionários de veículos.

As vendas de novos carros, comerciais leves, caminhões e ônibus no país em maio caíram 3,04 por cento ante abril, para 212.713 unidades. Na comparação com maio de 2014, as vendas desabaram 27,5 por cento.

No acumulado de janeiro a maio, as vendas de veículos caíram 20,93 por cento ante o mesmo período do ano passado, para 1.106.476 unidades. A Fenabrave previu no mês passado que as vendas do setor vão fechar o ano em queda de 18 por cento, ante previsão anterior de recuo de 10 por cento.

Os licenciamentos do segmento de automóveis e comerciais leves caíram 3,14 por cento em maio ante abril e 26,24 ante maio de 2014, a 204.978 unidades. As vendas de caminhões subiram 3,75 por cento ante abril, mas desabaram 52,85 por cento contra maio do ano passado, a 6.024 unidades. Já as vendas de ônibus recuaram 11,8 por cento ante abril e 36,23 por cento ante maio de 2014.

A Fiat liderou a venda de automóveis e comerciais leves em maio, com a comercialização de 36.116 unidades, ou 17,62 por cento do total. A General Motors ficou em segundo lugar com 30.631 unidades vendidas, ou 14,94 por cento.

A Volkswagen ficou em terceiro, com vendas de 30.279 veículos. Na sequência, Ford licenciou 23.349 automóveis e comerciais leves, seguida por Hyundai, com 16.944 carros.

(Por Aluisio Alves)