Fiat Chrysler atrasa redesenho e lançamento de veículos norte-americanos

terça-feira, 2 de junho de 2015 09:31 BRT
 

DETROIT (Reuters) - A Fiat Chrysler Automobiles atrasou no ano passado o redesenho ou lançamento de ao menos uma dúzia de veículos atuais ou novos na América do Norte, de acordo com fornecedores próximos aos planos da companhia. O número não usual de atrasos poderá fazer a fabricante de automóveis adiar bilhões de dólares em investimentos enquanto busca um parceiro.

O presidente-executivo da FCA, Sergio Marchionne, está embaralhando planos de produtos enquanto busca um parceiro para a companhia, a sétima maior fabricante global de automóveis. Marchionne disse que a consolidação na indústria é inevitável, porque as montadoras estão queimando capital investindo em motores e veículos que se sobrepõem.

Entre os veículos norte-americanos, a FCA atrasou atualizações de modelos de alta margem como a picape Ram 1500 e o Jeep Wrangler, de acordo com cinco pessoas próximas aos planos da companhia. As vendas de picapes e utilitários respondem por mais da metade do lucro da FCA antes de impostos, de acordo com analistas da indústria.

Ao mesmo tempo, a FCA está acelerando o desenvolvimento de certos veículos. A marca Alfa Romeo pode ganhar mais modelos em um calendário mais rápido que o planejado inicialmente, disseram fornecedores à Reuters.

A FCA transformou seu projeto de modelos futuros de veículos na peça central do plano de 50 bilhões de dólares que Marchionne divulgou a investidores em maio de 2014, incluindo impulsionar as vendas anuais globais para 7 milhões em 2018, ante 4,75 milhões no ano passado.

Desde que Marchionne divulgou seu plano, ao menos 12 programas futuros de veículos foram adiados na Jeep, Ram, Dodge, Chrysler e Maserati, em alguns casos em um ano ou mais, disseram fornecedores.

(Por Paul Lienert)