ADM paralisa usina de biodiesel na Alemanha por incerteza sobre demanda

terça-feira, 2 de junho de 2015 09:59 BRT
 

HAMBURGO (Reuters) - A gigante norte-americana do agronegócio Archer Daniels Midland (ADM) interrompeu temporariamente a produção de sua usina de biodiesel em Leer, na Alemanha, devido à incerteza sobre o futuro do biocombustível no país, disse a empresa nesta terça-feira.

A ADM disse que reavaliará o mercado de biodiesel no terceiro trimestre deste ano.

O entusiasmo com biocombustíveis na Alemanha e outros países da União Europeia tem diminuído, com a Alemanha reduzindo as metas de utilização nos últimos anos.

Em junho de 2014, ministros de energia da União Europeia concordaram em limitar a produção de biocombustíveis feitos de produtos agrícolas também usados na alimentação, respondendo a críticas de que este uso provoca inflação e traz mais danos ambientais do que benefícios.

A ADM não informou a capacidade da usina de Leer, mas fontes do mercado disseram que a unidade produz 120 mil toneladas anualmente. A ADM afirmou que não tem planos de desativar outras usinas de biodiesel na Alemanha.

(Por Michael Hogan)