Opep espera por mais recuperação dos preços do petróleo apesar de excesso global

terça-feira, 2 de junho de 2015 11:54 BRT
 

VIENA (Reuters) - O ministro do petróleo da Angola disse nesta terça-feira que 80 dólares por barril pode ser o valor certo para o petróleo, juntando-se um coro de representantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) na esperança de uma recuperação dos preços nos próximos meses, apesar do excesso global da commodity.

"Eu gostaria que o preço aumentasse, mas isso não é fácil", declarou José Botelho de Vasconcelos, a jornalistas.

A Opep se reúne na sexta-feira e há uma forte expectativa de que mantenha a sua política de produção. Em novembro de 2014, a Opep se recusou a reduzir a extração de petróleo e preferiu defender sua participação de mercado, adicionando um excedente de oferta à expansão da produção de petróleo dos Estados Unidos.

A decisão provocou uma queda nos preços do petróleo a uma mínima de 46 dólares por barril em janeiro, embora tenha se recuperado a 65 dólares nas últimas semanas, na esperança de um abrandamento do crescimento da produção dos EUA.

Na segunda-feira, o ministro do petróleo da Arábia Saudita, Ali al-Naimi, disse prever uma redução da oferta e uma melhora da demanda, embora ele tenha acrescentado que pode levar tempo para que o mercado reequilibre a oferta, que ainda está seriamente superior ao consumo.

Naimi não deu previsões para os preços do petróleo. No entanto, vários funcionários da Opep que falaram na condição de anonimato afirmaram à Reuters que viam o petróleo subindo para entre 70 e 80 dólares por barril nos próximos meses e em 2016.

(Por Alex Lawler e Rania El Gamal, Reportagem adicional de Reem Shamseddine em Viena e Michel Rose em Paris)