IPO da Par Corretora surpreende e movimenta R$602,8 mi, com preço acima do indicado

terça-feira, 2 de junho de 2015 19:47 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da Par Corretora foi precificada acima da faixa indicada inicialmente pelos coordenadores, resultado surpreendente que não registra a estreia na bolsa brasileira em cerca de oito meses.

A oferta da corretora de seguros, que tem a Caixa Seguros Holding e a GP Investments entre os principais acionistas, saiu a 12,33 reais por papel, acima da faixa indicativa fixada inicialmente pelos coordenadores da operação, de 11,25 a 11,60 cada.

A oferta teve apenas da venda secundária (de ações detidas pelos atuais sócios da companhia) e movimentou 48.888.890 papéis, num montante financeiro de 602,8 milhões de reais.

A operação deve ter incluído do lote adicional previsto no prospecto preliminar, que informava que seriam oferecidas inicialmente 44.444.445 ações, e que poderia ser acrescida de lote suplementar de até 10 por cento do total.

A Gávea Investimentos havia prometido entrar no IPO com 140 milhões de reais se o preço do papel ficasse na faixa indicativa.

A estreia da ação no pregão da BM&FBovespa está programada para acontecer na sexta-feira (5).

A última estreia na Bovespa foi da Ouro Fino Saúde Animal, em outubro passado, movimentando 418 milhões de reais. Foi a única do ano passado.

Com a conclusão da oferta da Par Corretora, atualmente não há nenhuma oferta em análise na CVM.

A Caixa Seguros Holding que tem a francesa CNP Assurances, e a Caixa Participações, da Caixa Econômica Federal, como sócias, tinha 25 por cento do capital da Par Corretora. O GP Investments tinha indiretamente 17,6 por cento do capital da Par Corretora.

(Por Aluísio Alves)