Dólar tem dia morno e fecha estável ante real, em véspera de feriado

quarta-feira, 3 de junho de 2015 17:16 BRT
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar terminou estável ante o real nesta quarta-feira, em um pregão marcado por poucas notícias e oscilações mais ligadas a fatores técnicos que a fundamentos econômicos, com investidores ajustando suas posições antes do feriado de Corpus Christi.

A moeda norte-americana fechou a 3,1347 reais na venda, ante 3,1346 reais na véspera. A divisa chegou a recuar quase 1 por cento na mínima da sessão, a 3,1029 reais, mas se recuperou na parte da tarde.

Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 2 bilhões de dólares.

"Foi um dia morno, parado. Os movimentos foram pontuais, o fundamento influenciou pouco", resumiu o operador da corretora B&T, Marcos Trabbold.

O dólar operou em queda ante o real na maior parte da sessão, influenciado pela recuperação do euro após o Banco Central Europeu (BCE) elevar sua estimativa de inflação.

Operadores ressaltaram que, no começo do dia, também pesaram sobre as cotações vendas de dólares mirando puxar para baixo a Ptax, taxa calculada pelo Banco Central diariamente no início da tarde que serve de referência para diversos contratos cambiais. Segundo operadores, isso explica porque a queda da divisa perdeu fôlego na segunda metade do pregão.

Contribuiu ainda para a recuperação do dólar durante a tarde o avanço dos rendimentos dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos, que tende a atrair para a maior economia do mundo recursos aplicados em outros mercados.

Durante toda a sessão, investidores aproveitaram para ajustar suas posições cambiais antes do feriado do Corpus Christi, na quinta-feira. "Você não quer ser pego de surpresa por uma oscilação grande quando o mercado está fechado", explicou o operador de uma corretora internacional, que pediu para não ser identificado.   Continuação...