Premiê da Grécia diz que acordo está "perto" após reunião com Juncker

quarta-feira, 3 de junho de 2015 20:59 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, disse na quinta-feira (horário local) depois de conversas com autoridades da União Europeia que a Grécia está perto de um acordo com seus credores e que Atenas pagaria o Fundo Monetário Internacional (FMI) na sexta-feira.

Depois de conversar durante um jantar em Bruxelas com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, Tsipras afirmou a repórteres que um acordo está muito perto de uma meta para o superávit primário de Atenas e que pode ser acertado nos próximos dias.

Questionado sobre um pagamento pendente ao FMI, ele disse: "Não se preocupem com isso." Observando que a Grécia fez pagamentos no passado, ele acrescentou: "Vamos continuar."

Autoridades disseram que os credores e o governo grego de esquerda elaboraram suas próprias versões, diferentes, de um possível acordo.

Tsipras disse que as propostas em discussão serão "as propostas gregas". Ele afirmou que as discussões precisam ser concluídas com um "ponto de vista realista".

(Reportagem de Yun Chee Foo)

 
Premiê grego Tsipras e presidente da comissão europeia Juncker antes de reunião em Bruxelas. 3/6/2015.    REUTERS/Francois Lenoir