Wall St fecha em baixa antes de relatório sobre emprego nos EUA

quinta-feira, 4 de junho de 2015 18:33 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos caíram nesta quinta-feira, afetados pelo nervosismo de investidores antes do relatório sobre o mercado de trabalho norte-americano a ser divulgado na sexta-feira e com a manutenção das incertezas sobre o acordo entre Grécia e seus credores.

Recuos nas cotações do petróleo e do ouro também pesaram sobre as ações de empresas de energia e materiais, o que levou a declínio no índice S&P 500.

O índice Dow Jones recuou 0,94 por cento, para 17.905 pontos, o S&P 500 caiu 0,86 por cento, para 2.095 pontos e o Nasdaq perdeu 0,79 por cento, a 5.059 pontos.

Dados mostraram nesta quinta um reforço no mercado de trabalho dos EUA, com o número de primeiros pedidos de auxílio desemprego caindo na semana passada e com a quantidade de pessoas em programas de assistência atingindo o menor nível desde 2000, sugerindo que o Federal Reserva irá continuar no caminho de elevar as taxas de juros no final deste ano.

Os dados foram divulgados antes do relatório sobre criação de empregos nos EUA, que deverá mostrar a criação de 225 mil postos de trabalho, segundo uma pesquisa da Reuters.

"A preocupação é com amanhã e com o número de empregos, é lá que está todo o foco", disse Tim Ghriskey, diretor de investimentos do Solaris Group, em Bedford Hills, Nova York. "Provavelmente a preocupação é que será um bom número."

Alguns investidores acreditam que números mais fortes sobre geração de empregos podem aumentar as chances de o Fed elevar as taxas de juros antecipadamente.

(Por Caroline Valetkevitch)