Perspectiva de crescimento da Alemanha melhora conforme encomendas à indústria sobem

sexta-feira, 5 de junho de 2015 08:44 BRT
 

Por Michael Nienaber

BERLIM (Reuters) - As encomendas à indústria da Alemanha subiram mais que o esperado em abril com uma forte demanda de parceiros da zona do euro compensando queda na demanda doméstica, mostraram dados divulgados nesta sexta-feira, enquanto o banco central alemão elevou sua perspectiva de crescimento da maior economia da Europa.

As encomendas para produtos fabricados na Alemanha saltaram 1,4 por cento no mês, a alta mais forte até agora neste ano, segundo dados divulgados pelo Ministério da Economia do país nesta sexta-feira, superando expectativas de uma expansão de 0,5 por cento em pesquisa da Reuters.

O aumento em abril foi impulsionado principalmente por uma forte alta na demanda externa, que disparou 5,5 por cento no mês, liderada por encomendas da zona do euro, enquanto a demanda doméstica registrou queda de 3,8 por cento. Esse foi o maior aumento em encomendas do exterior desde julho de 2014.

Em um relatório separado nesta sexta-feira, o Bundesbank elevou sua projeção de crescimento para 2015 e 2016, afirmando que trabalhadores alemães estão se beneficiando de um mercado de trabalho forte e de aumentos salariais significativos.

O banco central da Alemanha estima que a economia crescerá 1,7 por cento em 2015, bem acima da estimativa de 1,0 por cento em dezembro, embora ligeiramente menos otimista que a previsão do governo, que espera que a demanda doméstica impulsione uma expansão de 1,8 por cento neste ano.

O Bundesbank também elevou sua projeção para o crescimento em 2016 a 1,8 por cento ante 1,6 por cento. Olhando mais para frente no futuro, o banco central disse que agora estima que o Produto Interno Bruto (PIB) crescerá 1,5 por cento em 2017.