Nestlé retira macarrão Maggi das prateleiras na Índia após alerta

sexta-feira, 5 de junho de 2015 10:48 BRT
 

NOVA DÉLHI/BOMBAIM (Reuters) - A Nestlé, que enfrenta uma crise de reputação na Índia, tirou seus macarrões instantâneos Maggi das lojas do país nesta sexta-feira após reguladores alegarem que alguns pacotes continham excesso de chumbo.

Após ter sido alvo de críticas por não reagir de forma rápida e decisiva, a Nestlé curvou-se às pressões no início desta sexta-feira e anunciou um recall na Índia.

Em um esforço para sufocar a mais significativa crise alimentar na Índia em quase uma década, a gigante suíça enviou o presidente do grupo, Paul Bulcke, para acalmar consumidores em uma coletiva de imprensa televisionada. Ele enfrentou tumulto, e foi frequentemente calado por jornalistas indianos.

Somando-se aos problemas da Nestlé, o regulador de segurança alimentar indiano emitiu um comunicado logo depois da coletiva, acusando a gigante dos alimentos de violar regras de rotulagem e outras normas. Ordenou ainda o recall do macarrão instantâneo e disse que o produto é perigoso para o consumo humano.

(Por Aditya Kalra e Clara Ferreira-Marques)

 
Pacotes de macarrão Maggi, da Nestlé, em mercado de Mumbai. 04/06/2015 REUTERS/Shailesh Andrade