Dudley, do Fed, mostra preocupação com mercado de trabalho mas ainda vê alta de juros em 2015

sexta-feira, 5 de junho de 2015 13:55 BRT
 

MINNEAPOLIS (Reuters) - O progresso no mercado de trabalho dos Estados Unidos pode ter estagnado, com fortes ganhos em empregos mascarando uma produtividade fraca e níveis ainda altos de empregos de meio período e desemprego de longo prazo, disse o presidente do Federal Reserve de Nova York, William Dudley, nesta sexta-feira.

No dia em que os EUA relataram a criação de 280 mil vagas em maio, Dudley disse estar preocupado de que a economia pode não estar crescendo rápido o bastante para absorver a capacidade ociosa entre trabalhadores afastados ou subempregados pela crise financeira e recessão de 2007-2009.

Dudley afirmou ainda esperar que o Fed esteja em posição de elevar os juros neste ano --mas apenas se o crescimento se recuperar da fraqueza no primeiro semestre, e se houver mais avanço em reduzir a taxa de desemprego e outras medidas a fraqueza do mercado de trabalho.

(Por Howard Schneider)