Com novas saídas em maio, poupança já perdeu R$32,3 bi em 2015

sexta-feira, 5 de junho de 2015 15:53 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Os resgates da caderneta de poupança voltaram a superar os depósitos em maio, no quinto mês seguido negativos que levou a saída líquida em 2015 chegar a 32,3 bilhões de reais, informou nesta sexta-feira o Banco Central.

No mês passado, os saques na poupança somaram 156,4 bilhões de reais, 3,2 bilhões de reais acima dos depósitos.

A caderneta de poupança é principal fonte de financiamento imobiliário do país, por meio do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE).

Nos últimos meses, a Caixa Econômica Federal, principal concessora de financiamento imobiliário do país, já tem adotado medidas mais restritivas para o segmento.

Na quarta-feira, o banco estatal anunciou que sua carteira de crédito, da qual a imobiliária é a mais importante, avisou que deve reduzir sua previsão de crescimento dos financiamentos em 2015, atualmente de 14,5 a 18,5 por cento.

Os resgates da caderneta de poupança acontecem também num momento em que os investidores procuram outras aplicações, como as referenciadas na Selic, que na última quarta-feira foi elevada pelo BC a 13,75 por cento ao ano. A rentabilidade da poupança é de 6 por cento ao ano + TR.

(Por Aluisio Alves)