Dados fortes sobre emprego levam S&P 500 a marcar segunda semana de queda

sexta-feira, 5 de junho de 2015 17:47 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Os índices Dow Jones e Standard & Poor's 500 fecharam em queda nesta sexta-feira, com a perspectiva de que o Federal Reserve possa elevar os juros já em setembro ofuscando novos sinais de recuperação do mercado de trabalho norte-americano.

O índice Dow Jones recuou 0,31 por cento, para 17.849 pontos. O índice Standard & Poor's 500 caiu 0,14 por cento, para 2.092 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,18 por cento, para 5.068 pontos.

Na semana, o S&P caiu 0,7 por cento, segunda semana seguida de perdas. O Dow Jones recuou 0,9 por cento e o Nasdaq marcou oscilação negativa de 0,03 por cento.

Números mais fortes que o esperado sobre a criação de vagas de trabalho em maio e a recuperação dos salários foram os mais recentes sinais de fôlego econômico.

Após a divulgação do relatório, os principais bancos de Wall Street afirmaram esperar que o Fed comece a elevar os juros em setembro, seguido por outro aumento antes do fim do ano, de acordo com pesquisa da Reuters.

"O mercado está empolgado com empregos mais fortes e a alta dos salários, mas antes de estourar o champanhe, é necessário pensar sobre a ressaca, que são os juros", disse o vice-presidente de Investimentos do North Star Investment, Eric Kuby.

"Acredito que todos estão esperando para ver o que acontece quando os juros de fato começarem a subir."