Preços do petróleo sobem 2% após sessão volátil, apesar de movimento da Opep

sexta-feira, 5 de junho de 2015 18:05 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O petróleo fechou em alta nesta sexta-feira, com ganhos de cerca de 2 por cento, apesar de advertências de que mais excedente no mercado deve ser esperado como resultado da decisão da Opep de manter a sua política de produção sem restrições.

Um dólar forte, frequentemente um fator que pressiona os preços da commodity, falhou em evitar o rali dos preços do Brent e do petróleo nos EUA, apesar de limitar seus ganhos em uma sessão marcada por forte volatilidade.

"Eu acho que algumas pessoas quiseram retirar suas posições vendidas antes do fim de semana e colocá-las novamente na próxima semana. De outra forma, como é que você tem uma alta em um dia como este, quando a Opep promete inundar o mercado com mais oferta?" disse Tariq Zahir, da Tyche Capital Advisors.

Os maiores produtores de petróleo na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) concordaram em reunião em Viena, nesta sexta-feira, em manter a política de produção sem restrições por mais seis meses.

O petróleo Brent para julho fechou em alta de 1,28 dólar, ou 2,06 por cento, a 63,31 dólares, após atingir mais cedo uma mínima desde 16 de abril, a 60,94 dólares.

O petróleo nos EUA avançou 1,95 por cento, a 59,13 dólares por barril, ante mínima da sessão de 56,83 dólares.

O dólar ficou mais forte depois de dados sobre o mercado de trabalho nos EUA melhores que os esperados. A moeda norte-americana mais firme normalmente torna commodities denominadas em dólar menos acessíveis a negociadores que usam outras moedas, como o euro.

(Por Barani Krishnan)