Panasonic enviará centenas de funcionários para fábrica da Tesla

segunda-feira, 8 de junho de 2015 10:27 BRT
 

OSAKA, Japão (Reuters) - O grupo japonês de eletrônicos Panasonic irá enviar centenas de funcionários para a fábrica da Tesla Motors em Nevada, nos Estados Unidos, a partir do outono no Hemisfério Norte para se preparar para fabricar baterias íons-lítio para carros elétricos a partir do ano que vem.

A parceria da Panasonic com a ambiciosa montadora Tesla é parte essencial de uma drástica reestruturação nos últimos anos para acabar com perdas, com a empresa pressionada por rivais mais baratas. A companhia saiu de linhas de produtos não lucrativas como smartphones e TVs de plasma, entrando no mercado de sistemas de economia de energia para residências e investindo aproximadamente 500 milhões de dólares para desenvolver a unidade automotiva apenas neste ano.

"Precisaremos de centenas de pessoas no começo", disse a jornalistas Yoshio Ito, chefe da divisão de sistemas automotivos e industriais da Panasonic, em um briefing nesta segunda-feira. "Devemos ver isso começar por volta do outono (no Hemisfério Norte)."

Ito disse que a Panasonic planeja investir cerca de 60 bilhões de ienes (478 milhões de dólares) no atual ano fiscal até março em seu negócio automotivo. Isso inclui a fábrica em Nevada, a qual a Tesla disse que irá custar cerca de 5 bilhões de dólares, com a Panasonic respondendo por cerca de 30 a 40 por cento do investimento em uma planta que é chave para os planos da montadora de aumentar as vendas.

(Por Ritsuko Ando)