EUA avaliam acusações contra GM na esteira de recall por chaves de ignição, diz WSJ

terça-feira, 9 de junho de 2015 11:02 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - Promotores federais dos Estados Unidos estão considerando apresentar acusações criminais contra a General Motors (GM.N: Cotações) por falha na convocação para recall de veículos equipados com chaves de ignição defeituosas, informou o Wall Street Journal nesta terça-feira.

Citando pessoas familiarizadas com o assunto, o jornal afirmou que promotores dos EUA em Nova York ainda não tomaram uma decisão final sobre quais acusações apresentar e esperam alcançar um acordo com a montadora até o final do verão ou começo do outono no Hemisfério Norte.

(Por Susan Heavey)