Arábia Saudita diz que maior produção de petróleo é puxada pela demanda

terça-feira, 9 de junho de 2015 15:12 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O Ministério do Petróleo da Arábia Saudita disse nesta terça-feira que a alta na produção do país nos últimos três meses foi resultado de uma maior demanda global e da necessidade de seus clientes, destacando que o maior bombeamento não tem o objetivo de fazer frente a uma menor receita devido à queda nos preços da commodity.

A Arábia Saudita, maior exportador global de petróleo, elevou sua produção para um recorde de cerca de 10,3 milhões de barris por dia (bpd).

O nível foi atingido pela primeira vez em março, superando o recorde anterior, de 10,2 milhões de bpd em agosto de 2013, segundo registros que vão até o início dos anos de 1980.

O ministro saudita disse em abril que produção do país deverá permanecer perto de 10 milhões de bpd.

O ministério disse nesta terça, em um raro comunicado, que a política do país para o petróleo não reflete visões pessoais e é formulada por um time de especialistas em economia do mercado de petróleo sediado nos escritórios do ministério em Riad.

(Por Dmitry Zhdannikov e Reem Shamseddine)