Bovespa fecha estável sem efeito imediato de pacote de logística

terça-feira, 9 de junho de 2015 17:59 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista fechou com o Ibovespa quase estável nesta terça-feira, com a alta das ações da Petrobras e de ações de educação sendo ofuscada pela queda no setor financeiro e avaliação sobre efeito apenas mais adiante do plano de logística lançado pelo governo federal.

O Ibovespa encerrou com variação positiva de 0,01 por cento, a 52.815 pontos.

O volume financeiro negociado na sessão somou 6,74 bilhões de reais.

Na máxima, o principal índice da Bovespa chegou a subir 0,91 por cento, seguindo a divulgação do Programa de Investimento em Logística (PIL), que soma investimentos de 198,4 bilhões de reais. O ânimo arrefeceu conforme os detalhes mostraram que maior parte dos aportes devem ocorrer apenas a partir de 2019.

A equipe do UBS disse que o anúncio do novo plano de logística é positivo, mas ressaltou que pode levar algum tempo para que os projetos se materializem, avaliando um impacto neutro para as empresas no curto prazo.

A corretora Brasil Plural acrescentou que os pontos mais relevantes para as concessionárias de transportes listadas na bolsa estavam relacionados a alterações nos contratos de concessão e renovações antecipadas, ainda em negociação.

DESTAQUES   Continuação...