10 de Junho de 2015 / às 19:26 / 2 anos atrás

Ações da Petrobras perdem fôlego na Bovespa após comentários de diretor

Sede da Petrobrás no Rio de Janeiro 29/1/2015Sergio Moraes

SÃO PAULO (Reuters) - As ações da Petrobras perderam o fôlego na Bovespa na tarde desta quarta-feira, com as preferenciais passando ao território negativo, após um diretor da estatal afirmar à Reuters ser "muito difícil" que o Plano de Negócios da companhia seja avaliado no fim deste mês.

Às 16h18, as preferenciais recuavam 0,23 por cento, a 12,94 reais. Na máxima do dia, pela manhã, esses papéis chegaram a subir mais de 3,5 por cento.

As ordinárias, por sua vez, tinham oscilação positiva de 0,21 por cento no mesmo horário, a 14,08 reais, após terem avançado 3,2 por cento no melhor momento do pregão.

O Ibovespa tinha valorização de 1,8 por cento faltando cerca de 40 minutos para o encerramento do pregão na bolsa paulista.

Profissionais da área de renda variável atrelavam o movimento das ações da Petrobras à declaração dada à Reuters pelo diretor de Gás da estatal, Hugo Repsold, de que é "muito difícil" que o Plano de Negócios 2015-2019 da companhia seja levado para aprovação do Conselho de Administração da petroleira na reunião prevista para o próximo dia 26.

Por Paula Arend Laier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below