Índice europeu fecha em alta, mas cautela por Grécia limita ganhos

quinta-feira, 11 de junho de 2015 14:32 BRT
 

Por Sudip Kar-Gupta

LONDRES (Reuters) - O principal índice europeu de ações reduziu os ganhos nesta quinta-feira diante de incertezas sobre os problemas envolvendo a dívida da Grécia, mas ainda terminou o dia no azul, uma vez que a bolsa grega estava fechada quando o Fundo Monetário Internacional disse que ainda há "diferenças significativas" com Atenas.

O índice FTSEurofirst 300 .FTEU3 fechou em alta de 0,59 por cento, a 1.557 pontos, após atingir o pico de 1.568 pontos no intradia.

O índice acionário de Atenas .ATG havia fechado com alta de 8,2 por cento, com o índice bancário do país saltando 17,5 por cento.

As declarações do FMI sobre a Grécia, que pode entrar em default no fim de junho se não receber novos recursos para pagar 1,6 bilhão de euros (1,8 bilhão de dólares) ao FMI, motivaram uma retração dos mercados no fim da sessão.

O diretor da corretora europeia DEGIRO Gijs Nagel disse que alguns investidores estão preocupados com a duração das negociações com a Grécia e por turbulências nos mercados de títulos que derrubaram as bolsas de suas máximas em 2015.

Já Ricardo Evangelista, da ActivTrades, disse que outros veem sinais de progresso na Grécia, com muitos investidores ainda apostando que o país continuará na zona do euro.

Em LONDRES, o índice Financial Times .FTSE avançou 0,24 por cento, a 6.846 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,60 por cento, a 11.332 pontos.   Continuação...