Fabricante de motores de aviões CFM promete cumprir metas

sábado, 13 de junho de 2015 13:39 BRT
 

Por Tim Hepher

PARIS (Reuters) - A fabricante franco-americana de motores CFM International se comprometeu a cumprir as metas de produção ambiciosas de seu mais novo modelo, projetado para fortalecer o setor de aviões de passageiros, e disse que o teste está indo bem.

Um aumento bem sucedido na produção do motor Leap, desenvolvido pela joint venture entre a francesa Safran e a norte-americana General Electric, é crucial para a introdução bem sucedida de Boeing 737 e Airbus A320 renovado.

"Somos realmente sérios sobre cumprir as promessas", disse Jean-Paul Ebanga, presidente da joint venture.

Ele falou antes da Paris Airshow, onde se espera que o foco da indústria no sentido de transformar os desafios de produção criados por um boom de encomendas de jatos comerciais.

A CFM já produz motor do jato mais vendido da indústria, o CFM56, que alimenta os Boeing 737 e cerca de metade da série A320 da Airbus.

O sucessor do motor, o Leap, será usado nos aviões Boeing 737 MAX, para o qual CFM segue a único fornecedora, e o Airbus A320neo, onde CFM seguirá competindo com Pratt & Whitney. Um novo jato chinês, a Comac C919, também vai usar o motor Leap.

A CFM quer aumentar a produção de 1.560 motores em 2014 para 1.670 motores neste ano.