Índice europeu de ações fecha em alta após atingir mínima em quatro meses

terça-feira, 16 de junho de 2015 14:39 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O principal índice europeu de ações recuperou-se no fim da sessão e fechou em alta nesta terça-feira após atingir a mínima em quatro meses, com analistas afirmando que as vendas provocadas por preocupações com a Grécia e pelo enfraquecimento do euro criaram oportunidades de compra.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,58 por cento, a 1.528 pontos, após atingir o menor nível desde meados de fevereiro mais cedo. O índice europeu de volatilidade subiu 3,2 por cento, ao maior patamar desde janeiro.

A estabilização dos mercados europeus de títulos também ajudou as ações, disseram analistas, acrescentando que o euro mais fraco ajuda as empresas exportadoras europeias.

"Um euro mais fraco é um grande fator favorável aos lucros corporativos e está dando suporte a companhias europeias", disse o economista sênior da KBC Koen De Leus, acrescentando que a recuperação desta terça-feira não é sustentável.

"Eu vejo outra correção de pelo menos 5 por cento nas próximas semanas, uma vez que parece que a Grécia e seus credores estão longe de um acordo. A situação grega manterá o mercado volátil".

O índice grego caiu 4,8 por cento e o índice do setor bancário do país recuou 8,9 por cento, enquanto a Grécia e seus credores endureceram sua postura após o colapso das negociações para evitar um default e a possível saída da zona do euro.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,01 por cento, a 6.710 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,54 por cento, a 11.044 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,51 por cento, a 4.839 pontos.   Continuação...