Premiê grego reforça recusa em aceitar cortes de aposentadorias

quarta-feira, 17 de junho de 2015 08:36 BRT
 

ATENAS (Reuters) - O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, repetiu nesta quarta-feira sua recusa em aceitar mais cortes de aposentadorias e afirmou que quer uma solução "honrável" para as discussões sobre um acordo de reformas em troca de ajuda.

Tsipras afirmou ainda que está pronto para aceitar os custos políticos de fazer isso.

Se nenhuma solução for possível, ele dirá não a exigências "catastróficas" dos credores, afirmou Tsipras.

O premiê grego deu as declarações depois de encontro com o chanceler austríaco, Werner Faymann.