Governo federal é contra mudanças nas regras do pré-sal, diz secretário

quarta-feira, 17 de junho de 2015 12:02 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O governo federal é contra propostas de alteração nas regras do regime de partilha para concessão e operação de campos de petróleo no pré-sal, disse nesta quarta-feira o secretário de Petróleo e Gás do Ministério de Minas e Energia, Marco Antônio Almeida.

O Senado discutirá no próximo dia 30 a proposta do fim da obrigatoriedade da Petrobras deter pelo menos 30 por cento de participação nos campos do pré-sal.

"O governo não concorda. Problemas conjunturais não podem alterar soluções estruturais", disse o executivo, ao chegar à Câmara dos Deputados para uma audiência pública.

Críticos da obrigatoriedade de participação de ao menos 30 por cento da Petrobras nos campos do pré-sal afirmam que essa exigência poderá engessar a companhia, que tem passado por dificuldades financeiras em meio à investigação de um bilionário esquema de corrupção, apurado pela operação Lava Jato.

(Por Leonardo Goy)

 
Plataforma P-56 nos estágios finais de construção, em foto de arquivo. 24/02/2014 REUTERS/Sergio Moraes