Petrobras considera venda de algumas usinas de etanol, dizem fontes

quarta-feira, 17 de junho de 2015 22:20 BRT
 

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras estuda vender algumas usinas de etanol dentro do seu plano de desinvestimento, disseram duas fontes com conhecimento do assunto, e poderá focar em nichos mais rentáveis para a companhia no mercado de biocombustíveis.

"Essa, sim, é uma discussão. Você pode estar no comércio, na geração de valor e não estar em toda a cadeia, que vai desde a produção de etanol até a venda", disse uma das fontes com conhecimento direto dos planos da estatal.

"Como temos ativos de logística, e são vários e enormes, pode gerar muito mais valor na logística que na produção" acrescentou a fonte que pediu para não ser identificada.

A Petrobras já mostrou ativos para potenciais compradores, disse uma segunda fonte à Reuters, após ser informada sobre os planos da companhia.

Ambas as fontes pediram para não serem identificadas, já que a estatal ainda não tomou uma decisão.

A Petrobras, que está no centro de um escândalo de corrupção, deve divulgar até julho os detalhes de uma profunda redução nos investimentos, de cerca de 30 por cento, em seu Plano de Negócios e Gestão 2015-2019.

Os desvios de dinheiro de contratos da estatal para empreiteiras, políticos e executivos de grandes companhias, a queda nos preços do petróleo, a produção estagnada e a maior dívida mundial acumulada por uma petroleira obrigaram a companhia a rever seus investimentos.

(Reportagem adicional de Terry Wade, em Houston; Texto de Raquel Stenzel; Edição de Bruno Marfinati)

 
Sede da Petrobras em São Paulo. 23/04/2015 REUTERS/Paulo Whitaker