Sobre reduzir meta de primário, Levy diz que "por enquanto" meta é aprovar desonerações

quinta-feira, 18 de junho de 2015 11:39 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, evitou comentar nesta quinta-feira se o governo estuda reduzir a meta de superávit primário deste ano.

Questionado sobre se a meta de economia para pagamento de juros, de 66 bilhões de reais, teria de ser reduzida, o ministro disse apenas: "por enquanto, minha meta é conseguir passar a desoneração (da folha de pagamento) no Congresso", durante entrevista coletiva para explicar as novas regras de aposentadoria dentro da Previdência.

(Reportagem de Marcela Ayres)

 
Joaquim Levy, ministro da Fazenda. 12/06/2015 REUTERS/Paulo Whitaker