Abril Educação mira maior presença em escolas com compra de ativos de educação da Saraiva

quinta-feira, 18 de junho de 2015 13:11 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Abril Educação tem entre seus principais objetivos com a compra dos ativos de educação da Saraiva o reforço de sua presença em escolas e uma atuação mais relevante em todos os segmentos da educação nacional, aproveitando as soluções pedagógicas para o ensino superior da Saraiva, disse o diretor-presidente da empresa, Eduardo Mufarej.

"Queremos cada vez mais desenvolver uma relação próxima com donos, professores, famílias e gestores de escolas, e por complementariedade do portfólio esperamos avançar mais nessa rota", disse Mufarej em teleconferência com analistas para falar sobre a transação.

O diretor-executivo da Abril Educação Mario Ghio Junior ressaltou que alguns segmentos de marcas editoriais da Saraiva são mais fortes que os da Abril, como os de Ensino Médio. "Regionalmente isso acontece com sistemas de ensino. O Ético, por exemplo, tem uma presença bacana no Nordeste, uma região em que habitualmente temos mais dificuldade de entrar com outras marcas".

Assim, com a aquisição, a empresa acredita poder dar passos relevantes no fornecimento de produtos e serviços de alta qualidade tanto para escolas quanto para universidades, segundo Mufarej.

A empresa anunciou nesta quinta-feira a aquisição de todos os negócios de educação básica, técnica e superior do grupo Saraiva, incluindo os relativos aos selos "Editora Saraiva", "Editora Érica", "Sistema de Ensino Ético" e "Sistema de Ensino Agora".

As sinergias vão consistir em ganhos de aumento de efetividade na força de vendas e remoção de redundâncias de estrutura, disseram os executivos na teleconferÊncia.

FINANCIAMENTO E OPA

Para financiar a transação de 725 milhões de reais, a Abril Educação pretende usar o próprio caixa e contratar novos empréstimos, após absorver dívida de cerca de 250 milhões de reais da Saraiva Educação, valor a ser confirmado no fechamento da operação.   Continuação...