Tribunal dos EUA aprova plano da NII Holdings para deixar proteção contra falência

sexta-feira, 19 de junho de 2015 08:41 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A NII Holdings, dona da marca Nextel no Brasil, recebeu na quinta-feira aprovação de um tribunal dos Estados Unidos para seu plano de saída da proteção contra falência sob o controle de detentores de bônus, incluindo a gestora Aurelius Capital Management, disse o advogado da companhia.

A empresa teve aprovação para seu contestado plano de retomada de 4,35 bilhões de dólares por parte da juíza Shelley Chapman no tribunal de falências de Manhattan, concluindo um julgamento que começou no mais cedo neste mês, disse o advogado da NII Scott Greenberg em e-mail na quinta-feira.

O plano, que cede o controle da companhia para a Aurelius e outros detentores de 4,35 bilhões de dólares em bônus, é baseado em uma série de acordos para complexas disputas legais sobre a validade de transferências inter-empresas.

Embora a maior parte dos credores tenha apoiado o acordo, um credor conhecido como grupo CapCo o considerou muito favorável à Aurelius e que ele teria reduzido o pagamento à CapCo em 150 milhões de dólares -- mais de um terço de sua recuperação total.

A CapCo, que queria que Chapman rejeitasse o acordo, alegou que algumas das resoluções do acordo eram inválidas, e que a Aurelius não deveria ter direito à fatia extra de participação que recebeu.

A NII entrou no Capítulo 11 (pedido de proteção contra falência de acordo com a lei dos EUA) em setembro, vendendo posteriormente seus ativos mexicanos para a AT&T por 1,9 bilhão de dólares.

(Por Nick Brown)