Conselho de cafeicultores alerta para impacto de chuvas nos próximos dias

sexta-feira, 19 de junho de 2015 13:39 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Chuvas nos próximos dias deverão atingir importantes áreas de café do Brasil, podendo atrapalhar a colheita, alertou nesta sexta-feira o Conselho Nacional do Café (CNC), órgão que representa os produtores.

Segundo o CNC, há previsão de chuvas para a região Sudeste, principal área produtora do país, devido à passagem de mais uma frente fria.

A instituição citou projeção da empresa de meteorologia Climatempo, que aponta precipitações acumuladas de 10 milímetros a 30 milímetros, até o dia 24 de junho, em algumas áreas.

"O aumento da umidade nos próximos dias deverá atrapalhar ainda mais a colheita do café arábica...", disse o CNC, lembrando que os trabalhos estão mais lentos neste ano ante o mesmo período do ano passado.

Segundo a consultoria Safras & Mercado, a colheita de café da safra 2015 atingiu, até 16 de junho, 36 por cento do volume previsto, ante 45 por cento do total no mesmo período do ano passado.

Um outro meteorologista também alertou em nota nesta sexta-feira sobre o tempo chuvoso na próxima semana, com a chegada de uma nova frente fria. "A próxima semana deverá ter o mesmo cenário desta que está terminando", afirmou o agrometeorologista Marco Antônio dos Santos, da Somar.

Segundo ele, as chuvas prejudicaram a colheita da cana-de-açúcar e do café, "porém sem danos a essas culturas".

"Mas vale salientar que, em alguns municípios produtores de café de São Paulo e de Minas Gerais, os fortes e constantes ventos que estão sendo registrados desde ontem (quinta-feira) estão provocando a queda de grãos maduros... poderão acarretar perdas na qualidade dos mesmos...", afirmou.

Alguns poucos volumes de chuvas são projetados para a semana que vem, para Minas Gerais e São Paulo, os dois principais produtores de café arábica, apontou o Reuters Weather Dashboard.

(Por Roberto Samora)