Índice acionário europeu sobe; mercado grego oscila perto das mínimas em 3 anos

sexta-feira, 19 de junho de 2015 14:20 BRT
 

Por Sudip Kar-Gupta

LONDRES (Reuters) - O principal índice acionário europeu fechou em alta nesta sexta-feira, ajudado por uma alta das ações francesas de telecomunicações e da siderúrgica Thyssenkrupp, apesar de as preocupações com a Grécia segurarem os ganhos.

O índice FTSEurofirst 300 fechou com alta de 0,34 por cento, aos 1.529 pontos.

A maioria dos indicadores reduziu os ganhos no fim dos negócios conforme o mercado acionário dos Estados Unidos reverteu parte dos fortes avanços vistos mais cedo e com o vencimento de opções sobre ações acrescentando volatilidade ao mercado.

As ações do grupos de telecomunicações francês Numericable subiram 3,8 por cento, impulsionado por uma nota favorável da corretora Kepler, enquanto as da Orange subiram 0,9 por cento depois de a França anunciar condições para leilão em telefonia móvel.

Os papéis da Thyssenkrupp subiram 2,4 por cento após o Citigroup elevar sua recomendação da ação para "compra", ante "neutra".

No entanto, alguns investidores permaneceram cautelosos por causa do impasse entre a Grécia e seus credores.

O índice acionário da bolsa grega ATG avançou 0,7 por cento, mas permaneceu perto das mínimas em quase três anos alcançadas na semana passada. No ano, o ATG acumula queda de 17 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times subiu 0,04 por cento, a 6.710 pontos.   Continuação...