Bradesco prevê alta do crédito este ano, apesar de desempenho ruim da economia

sexta-feira, 19 de junho de 2015 14:23 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O crédito vai ter crescimento modesto em 2015 devido ao baixo desempenho da economia brasileira, disse nesta sexta-feira o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco.

"O PIB não vai favorecer uma aceleração do crédito, mas o crédito vai crescer, longe de imaginarmos que vá decrescer", disse o executivo.

Segundo ele, independentemente das crises de algumas setores, outros estão "extremamente dinâmicos", como o agronegócio. Ele citou a produção de milho, que neste inverno deve ser uma das maiores de todos os tempos.

Em abril, o Bradesco, segundo maior banco privado do país, havia dito que trabalhava com a perspectiva de atingir o piso da meta de crescimento de sua carteira de crédito em 2015, de 5 a 9 por cento.

Em 12 meses até março, o estoque de financiamentos do banco cresceu 7,2 por cento. Em 2014, o avanço foi de 6,5 por cento.

(Por Leonardo Goy)