UE pode dar mais dinheiro para Grécia só depois que promessas de reformas virarem leis

terça-feira, 23 de junho de 2015 09:32 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - A Grécia precisa detalhar quais ações vai adotar antes de qualquer potencial desembolso de dinheiro de resgate de seus credores europeus, afirmou nesta terça-feira a Comissão Europeia.

A Grécia espera que um acordo sobre reformas em troca de recursos libere os 7,2 bilhões de euros restantes no resgate grego antes do fim do mês, mas Parlamentos nacionais podem aprovar o desembolso só quando os gregos aprovarem leis que formalizem suas promessas de reformas.

Os gregos têm que pagar ao Fundo Monetário Internacional (FMI) 1,6 bilhão de euros até 30 de junho ou o país será declarado em default.

"Acho que o que gostaríamos de ver, em vez desse ajuste de números e abordagens que está acontecendo agora entre as três instituições, é também a lista de ações que é mencionada na proposta", disse o porta-voz da Comissão, Margaritis Schinas, em entrevista à imprensa.

(Reportagem de Jan Strupczewski e Philip Blenkinsop)

 
Manifestante agita bandeira da Grécia na entrada do Parlamento durante protesto, em Atenas. 22/06/2015 REUTERS/Yannis Behrakis