JBS projeta pequeno aumento de alavancagem após compra da Moy Park

terça-feira, 23 de junho de 2015 12:01 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de alimentos JBS, maior produtora de carnes do mundo, estima que a aquisição da unidade europeia Moy Park, por um valor total de 1,5 bilhão de dólares "não terá impacto relevante" nos indicadores de alavancagem da companhia, disse o diretor-presidente Wesley Batista.

A relação entre dívida líquida e Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) deverá subir para 2,54 vezes após a conclusão do negócio, na comparação com 2,3 vezes do fechamento do primeiro trimestre de 2015, informou a companhia.

A empresa de frangos e alimentos processados, com sede no Reino Unido, foi comprada da Marfrig, em um negócio anunciado no domingo que inclui o pagamento de 1,19 bilhão de dólares quando houver aprovação das autoridades reguladoras e transferência à JBS de uma dívida líquida de 200 milhões de libras.

"Essa aquisição é relevante e estratégica, mas não é uma aquisição com impacto relevante do ponto de vista de balanço ou do ponto de vista de alavancagem", disse Batista em teleconferência com analistas nesta terça-feira.

Segundo Batista, a empresa utilizará recursos do caixa para pagar a aquisição da Moy Park.

A JBS espera adicionar 50 milhões de dólares anuais ao faturamento da Moy Park no curto prazo apenas com sinergias com outras unidades do grupo. Esse valor já deverá ser computado no balanço da Moy Park em 2016.

"Isso vem de várias áreas, como aquisição de suprimentos, como embalagens e ingredientes e todos os produtos que estão envolvidos na cadeia de produção", disse Batista, destacando ainda os planos de melhorar as técnicas de gestão da Moy Park e integrar a gestão de risco na aquisição de grãos com o resto do grupo.

A receita trimestral líquida da Moy Park, segundo balanço do primeiro trimestre de 2015 da Marfrig, foi de 1,543 bilhão de reais, ou cerca de 500 milhões de dólares pelo câmbio atual.

(Por Gustavo Bonato)