Powell, do Fed, diz que dois aumentos de juros neste ano são possíveis

terça-feira, 23 de junho de 2015 13:49 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O diretor do Federal Reserve Jerome Powell afirmou nesta terça-feira que está preparado para elevar a taxa de juros duas vezes neste ano, uma em setembro e outra em dezembro, desde que a performance da economia fique em linha com o esperado.

Powell afirmou acreditar que o crescimento econômico vai acelerar no segundo semestre do ano, que o mercado de trabalho continuará a melhorar e que as pressões inflacionárias começarão a aumentar.

"Minha própria projeção prevê início do aumento de juros em setembro e uma alta adicional em dezembro", disse Powell em evento patrocinado pelo Wall Street Journal.

Embora tenha afirmado que existe uma chance de "50 por cento" de que sua estimativa esteja errada, ele também destacou que o país está se aproximando do pleno emprego, e que a inflação deve começar a subir conforme o impacto dos preços baixos de energia e do dólar alto sejam absorvidos em cálculos de aumentos de preços.

É o momento, disse ele, para que o Fed fique à frente da curva em uma economia que deve continuar crescendo.

"Progredimos tanto ao reduzir o desemprego", disse Powell. "Precisamos ajustar a política monetária para lidar com as condições da economia daqui a um ano".

As declarações de Powell o colocam entre cinco autoridades do Fed cujas projeções divulgadas mais recentemente preveem duas altas de juros antes do fim do ano, provavelmente de 0,25 ponto percentual a cada vez.

O Fed tem mantido os juros perto de zero desde o final de 2008.

(Reportagem de Howard Schneider; reportagem adicional de Jason Lange)