Adidas expandirá vendas em futebol voltando às bases

quarta-feira, 24 de junho de 2015 14:26 BRT
 

BERLIM (Reuters) - A alemã Adidas apresentou planos nesta quarta-feira para defender sua posição como maior marca de futebol do mundo contra a concorrência dura da Nike com o lançamento de uma nova linha de calçados e a montagem de mais programas de base.

A Adidas disse que tem como meta aumentar as vendas de artigos de futebol a uma taxa de digito médio anualmente em média de 2015 a 2020, em base de câmbio neutra. Isso fica abaixo da taxa de crescimento "de dígito único alto" que definiu para as vendas do grupo em março e reflete os desafios que enfrenta com a rival norte-americana Nike.

As duas companhias dominam a indústria de equipamentos de futebol que vale mais de 5 bilhões de dólares ao ano, compartilhando mais de 80 por cento do mercado de muitos produtos. Porém, a Nike vem ameaçando a liderança da Adidas, incluindo em seu território natal do oeste da Europa.

A Adidas, que viu a Copa do Mundo de 2014 ajudar a impulsionar suas vendas em futebol em mais de 20 por cento para 2,1 bilhões de euros, disse que fará mais para se conectar com uma gama maior de jogadores com programas de base permanentes ou temporários.

"O futebol ainda começa na rua. É aqui que as crianças entram em contato com o esporte", disse a analistas o chefe de futebol da Adidas, Markus Baumann, ressaltando que existem 226 milhões de jogadores não registrados de futebol no mundo ante 30 milhões registrados.

(Por Emma Thomasson)