McDonald's planeja vender lojas de Taiwan para operador de franquias

quinta-feira, 25 de junho de 2015 09:32 BRT
 

XANGAI (Reuters) - O McDonald's disse que pretende vender todas as 413 lojas que tem em Taiwan para um operador de franquias, enquanto a rede de restaurantes fast-food tenta cortar custos globalmente e retomar seu negócio na China.

A iniciativa pode ajudar a acalmar investidores que estão céticos e querem detalhes específicos depois que o novo presidente-executivo do McDonald's, Steve Easterbrook, anunciou um plano de retomada em maio que incluía reorganizar unidades de negócios e vender lojas para operadores de franquias.

"O McDonald's decidiu buscar candidatos apropriados para se tornarem seus licenciados de desenvolvimento em Taiwan", disse a companhia em comunicado enviado à Reuters nesta quinta-feira. A empresa acrescentou que o modelo permitirá "tomada de decisões locais mais rápidas, aprendizado mais ágil e crescimento dos restaurantes".

Uma porta-voz da empresa na China disse que a rede buscava uma única empresa para administrar todas as unidades em Taiwan. Ela recusou-se a comentar a iniciativa.

A rede norte-americana depende fortemente de franquias em mercados mais maduros como Estados Unidos, mas tradicionalmente focou em lojas administradas pela própria empresa na China. A companhia disse anteriormente que estava tentando aumentar a proporção de lojas franqueadas no país.

(Por Adam Jourdan)