Executivo do JPMorgan para combate à lavagem de dinheiro deixa o cargo

quinta-feira, 25 de junho de 2015 09:51 BRT
 

ST. LOUIS (Reuters) - Um executivo de alto escalão do JPMorgan Chase & Co responsável por reforçar as práticas de combate à lavagem de dinheiro do banco depois que reguladores dos Estados Unidos descobriram controles frouxos na instituição deixou o cargo recentemente, segundo memorandos internos lidos à Reuters e confirmados pelo banco.

Patrick Moore, um executivo antigo do JPMorgan que assumiu o cargo de chefe global de investigações de crimes financeiros em maio de 2014, está sendo substituído por Peter Neilson, ex-chefe de conformidade e combate à lavagem de dinheiro para a unidade de crédito ao consumidor e comunidades do JPMorgan.

"Patrick foi um tremendo ativo da nossa empresa, e desejamos o melhor a ele em sua nova oportunidade. Somos gratos de ter um forte banco de talentos no combate à lavagem de dinheiro, que inclui Peter, que é um líder extraordinário nesse campo", disse a diretora-gerente de conformidade em crimes financeiros, Pamela Dearden, em comunicado enviado à Reuters.

Antes de partir, Moore circulou um memorando no qual dizia que estava "mais do que orgulhoso" de suas realizações e que sua "decisão de sair da companhia foi pessoal". Ele não respondeu a pedidos por comentários.

A nomeação de Neilson vem em um momento em que os riscos são altos para o JPMorgan. Em 2013, reguladores culparam o banco por insuficiências em seu programa de combate à lavagem de dinheiro.

(Por Brett Wolf)