Impacto de juros maiores nos EUA no dólar será menor do que esperado, diz diretor do BC

quinta-feira, 25 de junho de 2015 13:40 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O diretor de Política Monetária do Banco Central, Aldo Mendes, afirmou nesta quinta-feira que o impacto da iminente alta dos juros nos Estados Unidos no dólar, incluindo no Brasil, será menor do que o antecipado.

Para ele, que participou de evento em São Paulo, cresceu a chance de o Federal Reserve, banco central norte-americano, elevar os juros "mais para o fim deste ano" do que em setembro, e que as expectativas são de que as altas de juros na maior economia do mundo sejam menores do que se esperava antes.

(Reportagem de Flavia Bohone)