Presidente do Parlamento Europeu espera solução para Grécia nos próximos dias

quinta-feira, 25 de junho de 2015 19:17 BRT
 

BERLIM (Reuters) - O presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, disse nesta quinta-feira não acreditar que a Grécia sairá da zona do euro e que um acordo entre Atenas e seus credores será encontrado, apesar de que pode levar alguns dias.

A Grécia não conseguiu fechar um acordo com seus credores nesta quinta-feira, e os ministros das Finanças da zona do euro vão se encontrar no sábado em uma última tentativa de evitar um calote na próxima semana.

Questionado pela rede pública alemã ARD se ele pensava que haveria uma saída da Grécia do euro, Schulz disse: "Eu não acho. Eu ainda acredito que a razão vai por fim prevalecer, mesmo por parte do governo grego. Então, eu acredito que talvez tenhamos que esperar um ou dois dias, mas haverá uma solução."

Schulz disse que uma saída da Grécia da unidade monetária afetaria Espanha, Itália e Portugal.

"Então, nós teríamos dimensões que eu não quero nem pensar a respeito, então é por isso que... decidi tentar de tudo para evitar esse caminho", disse.

(Por Michelle Martin)

 
Primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras (esquerda), conversa com o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, durante uma cúpula de líderes europeus em Bruxelas, na Bélgica, nesta quinta-feira. 25/06/2015 REUTERS/Yves Herman