CMN altera margem de tolerância de meta de inflação para 1,5 p.p. para 2017

quinta-feira, 25 de junho de 2015 19:53 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O Conselho Monetário Nacional (CMN) fixou a meta de inflação medida pelo IPCA em 4,5 por cento ao ano para 2017, mas alterou a margem de tolerância para 1,5 ponto percentual para mais ou para menos, ante dois pontos anteriormente, divulgou o Ministério da Fazenda nesta quinta-feira.

A meta de inflação segue no patamar de 4,5 por cento desde 2005, quando a banda era de 2,5 pontos percentuais. A tolerância de 2 pontos passou a valer em 2006.

(Por Marcela Ayres)