Grã-Bretanha diz que plano argentino de confiscar ativos nas Malvinas é "ilegal"

segunda-feira, 29 de junho de 2015 09:29 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A Grã-Bretanha disse nesta segunda-feira que qualquer tentativa da Argentina de confiscar os ativos de companhias de petróleo que operam nas disputadas ilhas Malvinas, chamadas pelos britânicos de Falklands, será ilegal.

No sábado, um juiz federal de Tierra del Fuego ordenou o confisco de 156 milhões de dólares em contas bancárias, embarcações e outras propriedades de seis companhias de petróleo europeias e norte-americanas operando nas ilhas, e o governo argentino disse que buscará o cumprimento da decisão judicial.

(Por Andrew Osborn)

 
Plataforma da Ocean Guardian na costa das ilhas Malvinas. 19/04/2010 REUTERS/Gary Clement