Morgan Stanley estima déficit global de açúcar em 3,7 mi t em 2015/16

segunda-feira, 23 de novembro de 2015 15:45 BRST
 

(Reuters) - O banco Morgan Stanley anunciou nesta segunda-feira uma estimativa de déficit global no mercado de açúcar na temporada 2015/16 de 3,7 milhões de toneladas, ante um superávit de 6,47 milhões de toneladas em 2014/15.

Segundo relatório, a produção de açúcar no Brasil foi estimada em 35,2 milhões de toneladas em 2015/16, ante 37,3 milhões de toneladas em 2014/15.

As estimativas para a Índia, segundo produtor global, também apontam para um volume menor. O banco projetou em 28,4 milhões de toneladas de açúcar, ante 30,3 milhões de toneladas em 2014/15.

"Nós mantemos que a tendência a médio prazo no mercado de açúcar será dominada por fatores que influenciam a produção, por exemplo, os preços mais altos da gasolina no Brasil aumentando o etanol (e diminuindo o açúcar no mix) da moagem da cana e a seca relacionada ao El Niño cortando as perspectivas de produção da Índia", disse o banco em seu relatório.

O preço médio para o açúcar bruto em 2016 foi estimado pelo Morgan Stanley em 17,3 centavos de dólar por libra-peso, ante estimativa média de 14,7 centavos de dólar por libra-peso em 2015.

(Por Marcy Nicholson)