Braskem começa a produzir experimentalmente ingrediente da borracha a partir de açúcar

segunda-feira, 23 de novembro de 2015 17:09 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A petroquímica Braskem anunciou nesta segunda-feira que iniciou produção experimental de butadieno a partir de açúcar, em um desenvolvimento que pode adicionar uma fonte renovável para o insumo usado na produção de borracha.

A companhia firmou parceria em 2013 com a empresa norte-americana de bioengenharia Genomatica e informou que está conseguindo produzir com sucesso o butadieno em escala laboratorial.

A Braskem é a terceira maior produtora mundial de butadieno, com produção de 374 mil toneladas do produto em 2014. O insumo é usado em borracha utilizada em aplicações como pneus, calçados, plásticos, asfalto, materiais de construção e látex. Segundo a petroquímica, a demanda mundial de butadieno é da ordem de 9 milhões de toneladas por ano.

A empresa não revelou investimentos realizados no projeto ou quando a produção comercial poderá começar.

Para a produção em laboratório, a parceria desenvolveu um microrganismo que consome açúcar, como o vindo de cana, e o converte em butadieno, em fermentadores de dois litros.

A Braskem já faz em escala industrial o "polietileno verde", um plástico produzido a partir do etanol de cana-de-açúcar. A unidade de eteno verde da companhia, inaugurada em setembro de 2010, recebeu investimento de 290 milhões de dólares e tem capacidade para produzir anualmente 200 mil toneladas.

(Por Alberto Alerigi Jr.)