Acordo com HNA dá mais tempo para IPO, diz presidente da Azul

terça-feira, 24 de novembro de 2015 12:14 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Azul Linhas Aéreas Brasileiras deve ganhar mais tempo para realizar sua planejada abertura de capital, após a companhia receber uma injeção de 1,7 bilhão de reais do chinês HNA Group, disse nesta terça-feira à Reuters o presidente-executivo da companhia brasileira, Antonoaldo Neves.

"Não estávamos com pressão pelo IPO (oferta inicial de ações, na sigla em inglês), mas agora isso nos dá um prazo ainda maior", disse Neves. Terceira maior empresa do setor aéreo no Brasil, a Azul desistiu em junho pela terceira vez de seu planejado IPO devido às condições adversas do mercado de capitais, pouco antes de receber um aporte de 100 milhões de dólares da norte-americana United Airlines, do grupo United Continental. Segundo Neves, a transação anunciada nesta terça-feira também permitirá que a Azul tenha ganhos de sinergia com compra, leasing, manutenção e seguros de aeronaves, dado que o HNA é um conglomerado com atuação expressiva no financiamento de aeronaves.O presidente da Azul explicou ainda que o acordo não muda a estrutura de controle da companhia, já que a entrada do HNA se deu por meio de ações preferenciais. O fundador da Azul, David Neeleman, segue com 67 por cento das ações ordinárias da empresa.

(Por Aluisio Alves e Brad Haynes)

 
Aeronave da Azul vista no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro.   01/07/2015   REUTERS/Sergio Moraes