Minério de ferro cai à mínima de 10 anos na China com crise no mercado de aço

terça-feira, 24 de novembro de 2015 12:19 BRST
 

MANILA (Reuters) - O minério de ferro no mercado à vista da China caiu nesta terça-feira para uma mínima de dez anos pressionado pela desaceleração da demanda industrial no país e por um grande excedente de oferta.

O minério com entrega imediata no porto de Tianjin recuou 1,8 por cento, para 43,40 dólares por tonelada, menor cotação desde que o The Steel Index começou a compilar os dados no fim de 2008.

Tomando-se como base o sistema de precificação anual que vigorava antes do sistema de preços à vista, 43,40 dólares é o menor valor desde 2005, segundo dados compilados pelo Goldman Sachs.

Os preços do minério de ferro acumulam perda de quase 40 por cento este ano, levando mineradoras, grandes e pequenas, a uma corrida para cortar custos de produção.

Uma perspectiva ruim para a demanda por aço na China --que já tem queda de 6 por cento de janeiro a outubro-- tem forçado o fechamento de muitas siderúrgicas no país.

"Os fechamentos de usinas de aço na China estão afetando a demanda por minério de ferro (ao mesmo tem que) mineradoras de baixo custo estão gradualmente elevando a produção", disse o diretor de pesquisas em commodities da Julius Baer, Norbert Rucker.

Segundo ele, o dólar forte tem ajudado a pressionar os preços ao reduzir relativamente os custos de produção para as mineradoras, protegendo seus lucros e evitando desaceleração da produção.

(Por Manolo Serapio Jr)

 
Funcionários trabalhando em pilha de minério de ferro em Hebei, China.  09/11/2015         REUTERS/Kim Kyung-Hoon