Hidrelétrica de Belo Monte recebe licença de operação do Ibama

terça-feira, 24 de novembro de 2015 15:26 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A hidrelétrica de Belo Monte, que está sendo construída no rio Xingu, no Pará, recebeu nesta terça-feira licença de operação do Ibama, órgão ambiental federal brasileiro, o que permite o enchimento do reservatório e posterior início da geração de energia.

Em nota, o Ibama afirmou que a licença está relacionada ao cumprimento de 41 condicionantes pela Norte Energia, empresa responsável pela usina, que tem como sócios o Grupo Eletrobras, além de Cemig, Vale e Neoenergia, entre outros.

A licença foi emitida após o órgão ambiental receber parecer favorável da Fundação Nacional do Índio (Funai), que assinou com a Norte Energia um termo de cooperação para que a empresa cumpra exigências que a entidade diz ainda não terem sido cumpridas para mitigação do impacto do empreendimento sobre indígenas.

Orçada em cerca de 26 bilhões de reais, Belo Monte será a terceira maior hidrelétrica do mundo em potência, atrás da chinesa Três Gargantas e da usina binacional de Itaipu, instalada entre o Brasil e o Paraguai.

(Por Luciano Costa)